CSB promove relançamento da trilogia “A Era Vargas” em São Paulo

0
2

Sai a figura de um homem, entra a imagem de uma lenda. Em homenagem à personalidade que deixou a presidência do Brasil para ingressar na história como símbolo da soberania nacional e dos direitos dos trabalhadores brasileiros, a CSB promove o relançamento da trilogia “A Era Vargas”, do jornalista e escritor José Augusto Ribeiro. O evento ocorrerá dia 6 de julho, às 19h, no Novo Hotel Jaraguá, em São Paulo.

Publicado pela primeira vez em 2001, a obra trata de acontecimentos que abrangem e esclarecem mais de 70 anos da história do País – desde a fundação do Partido Republicano no Rio Grande do Sul, em 1882, até a morte de Getúlio Vargas, em 1954.

Getúlio Vargas foi protagonista de períodos fundamentais na história política, social e econômica do Brasil. Um dos mais emblemáticos, segundo o autor de “A Era Vargas”, é o Estado Novo (1937-1945), que criou, entre outros, a legislação trabalhista, o Ministério do Trabalho e da Justiça do Trabalho, e a CLT.

De acordo com o presidente da CSB, Antonio Neto, “o resgate da memória de Vargas é fundamental no atual momento de incertezas e ataques promovidos pelo capital especulativo internacional à Petrobras e ao legado deixado pelo ex-presidente”.

Recentemente a CSB publicou uma entrevista feita com o escritor, que aborda o legado de Vargas e a importância do Estado Novo para o Brasil.

“O suicídio de Vargas não foi uma covardia, mas sim um ato de heroísmo”, afirma José Augusto Ribeiro

Biografia – José Augusto Ribeiro

José Augusto Ribeiro é jornalista desde 1956 e carrega no currículo os cargos de editor político do jornal O Estado do Paraná; editor internacional do Diário Carioca; diretor de redação do Correio da Manhã; editor-chefe do jornal O Globo e comentarista político e chefe de redação da Rede Bandeirantes de Televisão.

Durante o governo de João Goulart, o jornalista foi assessor do então Ministro do Trabalho e Emprego Amaury Silva. No Ministério, participou da campanha de sindicalização rural. Na época, foram criados e reconhecidos cerca de 1500 sindicatos de trabalhadores rurais em menos de um ano.

Ribeiro também é biógrafo do ex-presidente Tancredo Neves e possui mais duas obras publicadas: “De Tiradentes a Tancredo Neves – Uma História das Constituições” e “Jânio Quadros – O Romance da Renúncia”, sobre os seus sete meses de governo.

Seminário Nacional de Formação Política

A CSB também realizará no mesmo dia e local, às 9h, o Seminário Nacional de Formação Política. As palestras são direcionadas aos dirigentes sindicais de todo o Brasil e têm como objetivo contribuir para o debate e o aprimoramento dos quadros da Entidade na luta pelos trabalhadores, além de propor a discussão de temas imprescindíveis para o atual cenário político do País.

Entre os convidados para o Seminário estão Aldo Rebelo (ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação), Manoel Dias (ministro do Trabalho e Emprego), Carlos Lupi (ex-ministro do Trabalho e Emprego), Adriano Benayon (Doutor em economia pela Universidade de Hamburgo), Luiz Gonzaga Belluzo (economista), José Fogaça (deputado federal – PMDB) e Márcio França (vice-governador do Estado de São Paulo).

Os interessados em participar devem confirmar a presença até terça-feira (30/06) pelo e-mailrsvp@csbbrasil.org.br. O Novo Hotel Jaraguá está localizado na Rua Martins Fontes, 71 – centro – SP.

Com informações do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui