Funcionários da Coder paralisam atividades e pedem que empresa seja transformada em estatal em MT

0
9

Os funcionários da Companhia de Desenvolvimento de Rondonópolis (Coder) realizaram uma paralisação nesta quarta-feira (26) e pedem que a empresa de economia mista seja transformada em uma estatal.

A Prefeitura de Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, informou que instituiu uma comissão para analisar os dados técnicos e financeiros para encontrar uma solução para a crise que a companhia enfrenta e que os estudos ainda estão em andamento.

Devido à paralisação, os serviços foram suspensos e apenas o setor administrativo mantém as atividades. Dos 600 trabalhadores da Coder, cerca de 400 não trabalharam, entre os quais estão concursados e terceirizados.

Conforme os funcionários, o objetivo é transformar a empresa de prestadora de serviços para executora de obras.

“A prefeitura assume as responsabilidades que hoje são da Coder seria uma forma de desburocratizar o serviço público”, disse o diretor do Sindicato dos Servidores Municipais (Sispmur) Alcenio Ferreira dos Santos.

Segundo ele, a prefeitura criou recentemente, por meio de um decreto, uma comissão pra discutir e tentar resolver os problemas enfrentados pela companhia. No entanto, nenhum dos nomeados nesse decreto faz parte da Coder.

O projeto ainda não chegou à Câmara de Rondonópolis, mas os trabalhadores dizem ter pressa para que seja votado logo.

Caminhões permaneceram no pátio da empresa nesta quarta-feira — Foto: TVCA/ReproduçãoCaminhões permaneceram no pátio da empresa nesta quarta-feira — Foto: TVCA/Reprodução

Caminhões permaneceram no pátio da empresa nesta quarta-feira — Foto: TVCA/Reprodução

Serviços suspensos

Devido à paralisação, os caminhões e maquinários da Coder não saíram do pátio da empresa nesta quarta-feira (26). Com isso, as obras de manutenção e limpeza pública na cidade foram suspensos.

Além disso, as obras públicas, como a pavimentação do Bairro Alfredo de Castro, em Rondonópolis também foram suspensas.

Apenas os serviços administrativos estão funcionando.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui