Greve: Sindicato e Servidores fazem cronograma de manifestações

2
0

Neste primeiro dia de paralisação os servidores se reuniram na sede do Sindicato. Sindicalistas e funcionários reafirmaram que a luta não é exclusiva de aumento salarial. Além da pauta, eles fizeram um planejamento das ações durante o período de greve. Os movimentos vão acontecer três dias por semana.

Nesta sexta-feira  a tarde, os servidores vão fazer uma visita ao Palácio da Cidadania, sede do governo municipal.

Cronograma:

Segunda-feira, as 12 hs: Período vespertino, os servidores se reunirão na frente da Prefeitura.

Quarta-feira, 13 hs : Câmara Municipal, objetivo buscar apoio junto ao legislativo, para que o Prefeito se sensibilize  e atenda a pauta dos servidores.

Sexta-feira, as 07h30mim: Praça Brasil. Os servidores devem ser reunir e sair em caminhada até a Prefeitura, passando pelas principais ruas do centro da  cidade.

Os movimentos serão somente três vezes por semana, mas o Sindicato estará com as portas abertas de segunda a sábado. As atividades na sede do Sispmur será mantida normalmente.

Os sindicalistas  explicam que a luta não somente por reajuste salarial. Veja abaixo alguns pontos da pauta de reivindicações .

A pauta:

  • Pagamento da elevação de nível  ( Grau de escolaridade superior ao atual,  curso de especialização, mestrado e até doutorado).
  • Referencia, a cada dois anos o funcionário tem acrescido uma letra na sua ficha de matricula, que  corresponde 2% de aumento na folha salarial. Esta gestão efetuou o pagamento somente para a Secretaria de Educação, as demais ainda não receberam.
  • Melhores condições de trabalho, para todos os servidores independente da Secretaria .
  • Contratados: 30 horas semanal para os professores contratados.
  • Garantia de reposição: Na função de auxiliar de higiene e apoio docente, por exemplo, o reajuste tem que ser de 60%.
  • Reavaliação Pericias Médicas : (Esta sendo rejeitado um dia de atestado médico, solicitando Pericia), dificultando a vida dos servidores.
  • Manter os benefícios atuais: Produtividade e gratificação laboral, que estas sejam incorporadas ao salário base.
  • Correção das distorções Salarial e de enquadramento
  • Realização de concurso Público 

2 COMENTÁRIOS

  1. o agora MT colocou uma matéria tendenciosa ,não deixe que isso rache nossa luta,com certeza alguém pagou para divulgar esse absurdo

  2. Enquanto profissional da educação não concordo com alguns itens desta pauta de reivindicação aqui exposta. Nada contra qualquer servidor receber um salario justo pelo serviço prestado. No entanto um reajuste de 60% para a função de higienistas que no edital exige apenas o ensino medio e muito discrepante, visto que o salario de um professor com especialização e com vinte ano de carreira vai ficar afogado num pantano. Nada contra, mas pense um pouco… Os profissionais da educação devem ter seus reajustes diferenciados das demais categorias visto suas especificidades.
    A APROVAÇÃO DO PCCS, é sim um anseio da categoria, e no momento ainda é o melhor que temos…precisamos sim da aprovação do PCCS, o mais rapido possivel. E este topico nem esta no cronograma de negociação…porque será…???

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui