Sispmur negocia dívidas e penhora do clube será cancelada e clube volta a ser 100% do servidor

0
117

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Rondonópolis (Sispmur) vinha sofrendo uma ação judicial desde o ano 2000, a dívida foi adquirida durante o mandato do ex-presidente, Dailson Nunis, ainda nos anos 2.000, através de um convênio firmado entre o supermercado antiga Casa Moreira e o sindicato, que oferecia ticket vale compras para os servidores sindicalizados, além de muitas outras dividas já pagas. Segundo consta do processo a ex-diretoria, não realizou os repasses dando início a execução da dívida com a penhora do Clube do SISPMUR pela administradora da massa falida JCV Participação e Serviços S/A.

O Secretário Geral Rubens Paulo, lembra a situação que se encontrava o Sindicato em 2008. “O sindicato em 2008, além de muitas dívidas estava sucateado, realizamos um trabalho árduo para que pudéssemos resgatar a credibilidade do sindicato, hoje somos bem vistos pelo comércio local, imagem esta que foi muito difícil se concretizar. ”

Depois de anos à frente do Sispmur, a diretoria tem resgatado a credibilidade do sindicato, e agora comemora mais uma vitória do trabalho realizado com a negociação da divida com a massa falida JCV Participação e Negócios S/A nos autos do processo 0628968-85.2000.8.26.0100 em trâmite perante a 34ª Vara Cível do Foro Central da Capital de São Paulo.

Para o presidente em exercício, Reuber Teles, o servidor tem muito que comemorar com essa decisão. “Reaver o clube é uma conquista para o servidor, percorremos um longo caminho jurídico, e agora estamos colhendo os frutos de um trabalho sério, transparente e voltado para o servidor, ” destacou.

A presidente licenciada Geane Lima Teles, ressalta a luta do Sindicato e as inúmeras conquistas que tem obtido na busca pelo equilíbrio financeiro do órgão. “Hoje é um dia de festa para o servidor, há muitos anos temos tentado resolver a situação do clube, e agora temos a devolutiva positiva e mais uma ação judicial que ganhamos através de um trabalho sério e focado no servidor”.

A servidora aposentada, Maria da Glória Lopes Raimundo parabenizou o trabalho da diretoria do Sispmur.  “Parabéns a toda equipe Sispmur pela seriedade, imparcialidade e  responsabilidade com que vem conduzindo nosso Patrimônio público,” concluiu.

A advogada do Sindicato, Naldecy S. Silveira ressalta o empenho da diretoria do sindicato na resolução dessa ação. “Estudamos muito para buscar uma solução antes de propor o acordo, teria que ser um valor que o sindicato pudesse pagar, mas não poderia ser um valor irrisório diante do montante da dívida. Realizamos a proposta judicialmente ainda em junho de 2016 e desde então estamos buscando uma decisão favorável, liguei para o Promotor do caso que se mostrou sensível a situação e opinou de forma favorável ao nosso pedido, o administrador judicial averiguou as informações que prestamos e tivemos a homologação do acordo, com a determinação do arquivamento do processo que originou a penhora do clube, podemos dizer em cifras que o Sispmur obteve ganho de mais de R$1.200,00 (um milhão e duzentos mil), vez que a divida já ultrapassa a casa dos 2 milhões.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui